Search
  • Marina Carli

Quanto custa um alimento caro?

Os consumidores buscam produtos de qualidade e com preços acessíveis. Para refletir sobre esse tema, é importante conhecer mais sobre a cadeia de alimentos.

Os consumidores estão mais conscientes e com isso surgem alguns questionamentos que antes não eram feitos com tanta frequência. Além da transparência no rótulo dos alimentos, é importante também conhecer a transparência da cadeia de alimentos. O caminho da produção ao consumo parece simples, mas na verdade o alimento passa por um longo caminho até chegar nas prateleiras. Será que você tem conhecimento de todas partes envolvidas? Além do produtor e da empresa fabricante, temos também os trabalhadores rurais e industriais, órgãos regulamentadores, fornecedores de insumos, varejistas e muitos outros.

Quanto mais complexa for a cadeia, maior será o impacto no preço do produto.

Aqui convidamos você a refletir sobre a diferença entre preço e valor. Preço é algo quantitativo, é o valor numérico que pagamos por um produto, está relacionado com todos os custos de produção. Já o valor é algo qualitativo e está relacionado com o grau de necessidade, utilidade e valorização daquele produto e por isso ele varia de pessoa para pessoa.

Estamos muito longe das origens do que consumimos e este é um ponto de não sabermos o seu valor.

Mas cada vez mais as pessoas estão se questionando porque os alimentos custam o que custam. Por que, por exemplo, produtos saudáveis e orgânicos são mais caros que produtos super industrializados e Fast Food? O quê e quem você está incentivando através da sua compra? Quais são os impactos de produtos mais baratos, tanto na saúde quanto em questões econômicas e socioambientais? Muitas vezes queremos consumir certos produtos, mas achamos muito caro. Normalmente o alto preço de um produto está relacionado ou com a alta qualidade dos ingredientes e/ou complexidade das tecnologia e processos de produção. Ou ainda, com a baixa escala produtiva (produtos novos no mercado ou de consumo ocasional).

Para incentivar a diminuição do preço em produtos de qualidade, mais importante do que pedir pela redução dos preços dos produtos, é financiá-los, principalmente no começo (onde há uma pequena escala produtiva). Através do seu poder de compra você comunica que aquele produto tem valor para você. Quanto mais pessoas fizerem isso, mais as empresas vão entender que aquele é um produto de valor para seu consumidor e, com isso eles irão aumentar a escala produtiva e os preços irão baixar.


“A qualidade já não é mais um fator supérfluo. Qualidade é a capacidade de satisfazer os consumidores, em função das suas mais elevadas expectativas.”

Rui Rosa Dias e Jorge Alas - Os trilhos do Marketing Agroalimentar

0 views

Telefone

55 19 99928 3322

Ara Food Movement © 2019 Designed by Wonder ID